Gildina Roriz  (Magy)

O sol se põe, mas não leva a luz que brilha em mim...

Textos


QUE PAREM AS HORAS ... 

 

                                                                 

Se vais partir amor,

manda que parem as horas,

enquanto estás comigo.

Ignora o tempo que passa ...

Que nunca amanheça!

Vem...Vivamos o instante,

  precioso e importante.

Envolve-me nos reflexos

que irradiam de teus olhos ternos.

Que são as horas,

 se momentos podem ser eternos?

 

Goiânia, 29/07/08

 

 

Maria Gildina de Santana Roriz (Magy)
Enviado por Maria Gildina de Santana Roriz (Magy) em 14/11/2008
Alterado em 07/02/2009
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras