Gildina Roriz  (Magy)

O sol se põe, mas não leva a luz que brilha em mim...

Textos


O perfume do teu corpo...
    
Voamos nas asas do tempo,
Que depressa passou...
O amor que prometia durar,
em brumas se dissolveu. Acabou!

A decepção doeu tanto,
que a primavera chegou e nem foi notada...
Foi embora... Voltou,
e mais uma vez foi ignorada.

A vida se embrenhou pelo inverno,
que  se tornou eterno...
Fez tudo que a gente sonhou mofar.

Porém, o perfume que emanava do teu corpo,
Ficou preso no meu pensamento.
Se esqueceu de exalar.
Maria Gildina de Santana Roriz (Magy)
Enviado por Maria Gildina de Santana Roriz (Magy) em 06/12/2014
Alterado em 30/01/2015
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras